ProUni: Saiba como conseguir uma Bolsa de Estudos

ProUni: como conseguir uma Bolsa de Estudos? Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o programa de bolsas! Milhões de estudantes brasileiros, todos os anos, terminam o ensino médio com o objetivo de ingressar em uma faculdade. Além de oferecer vagas em instituições públicas de ensino superior, o Ministério da Educação (MEC) também possui um programa que financia cursos não gratuitos e outro que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais em faculdades particulares: o ProUni – Programa Universidade para Todos.

Criado pelo Governo Federal no ano de 2004, o ProUni é um programa gerenciado pelo MEC que busca democratizar o acesso ao ensino superior no país. Para isso, oferece, nos dois semestres do ano, bolsas de 50 e 100% do valor de cursos de faculdades particulares.

Quem pode fazer inscrição no ProUni?

ProUni Saiba como conseguir uma Bolsa de EstudosPara realizar inscrição no ProUni, o estudante brasileiro precisa obedecer a alguns requisitos pré-estabelecidos pelo Ministério da Educação. As exigências vão além da escolaridade e chegam até à renda familiar mensal.

A princípio, o candidato precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior ao processo seletivo do ProUni em que deseja se inscrever. Além disso, é necessário ter alcançado nota média igual ou superior a 450 pontos nas provas e ter conquistado mais do que zero na redação.

Cumprindo com a exigência relacionada ao Enem, o participante ainda precisa se enquadrar em pelo menos um dos seguintes requisitos do ProUni:

  • Ter concluído todos os anos do ensino médio integralmente em escolas da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escolas públicas e parcialmente em escolas particulares, desde que na condição de bolsista integral nestas;
  • Ter concluído todos os anos do ensino médio integralmente em escolas particulares, desde que na condição de bolsista integral nas respectivas instituições, durante todos os anos;
  • Ser pessoa portadora de deficiência;
  • Ser professor efetivo, em pleno exercício do magistério, de escolas da rede pública de ensino, com o objetivo de concorrer a bolsas em cursos de normal superior ou licenciatura;

No caso do último item, no que se refere aos professores, fica dispensada a obrigação de comprovar renda, tanto para bolsas integrais quanto para bolsas parciais.

Qual a renda do ProUni? Veja o valor máximo para bolsas integrais e parciais

Além de cumprir com os requisitos abordados acima, os estudantes ainda precisam se encaixar nas exigências de renda do ProUni, que leva em conta o tipo de bolsa ofertada.

Se o objetivo do estudante for concorrer a uma bolsa integral do ProUni, com benefício de 100% do valor do curso, será necessário comprovar um rendimento familiar bruto mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

Por sua vez, se a pretensão for de concorrer a uma bolsa parcial do ProUni, com benefício de 50% do valor do curso, a comprovação do rendimento familiar bruto mensal per capita não poderá exceder 3 salários mínimos.

Como se inscrever no ProUni?

Para concorrer a uma bolsa do ProUni, o estudante precisa ficar atento à abertura dos períodos de inscrição. Sempre entre janeiro e fevereiro o MEC costuma dar início às inscrições do primeiro semestre. Entre o fim de junho e início de julho, são abertas as inscrições para o processo de seleção do segundo semestre, com as mesmas regras do primeiro.

As inscrições para o ProUni são realizadas exclusivamente via internet, através do site oficial do Programa, no portal do MEC, disponível no endereço http://siteprouni.mec.gov.br/.

Para se inscrever, o estudante precisa inserir o seu número de inscrição e senha do Enem anterior. Em seguida, será necessário conferir alguns dados pessoais (endereço de e-mail, telefone, etc).

Durante a inscrição, cada participante tem o direito de escolher até dois cursos diferentes, em ordem de preferência. Em cada um deles, é necessário indicar o tipo de bolsa (integral ou parcial) e a modalidade de concorrência.

Além da ampla concorrência, também existem as cotas do ProUni, com reserva de bolsas a estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Algumas instituições ainda informam, na tela de inscrição, se possuem certas políticas de ações afirmativas próprias.

Ao longo de todos os dias do período de inscrição do ProUni, o participante poderá acessar o site e acompanhar sua situação. Sempre que necessário, até o encerramento do prazo, poderão ser alteradas as opções de curso quantas vezes quiser.

Desejamos um excelente aproveitamento no Enem e boa sorte no processo de seleção do ProUni!

ProUni: Saiba como conseguir uma Bolsa de Estudos
5 (100%) 4 votos

Comente.